Pensador

A criação deste blogue é determinada pela tentativa de dar uma roupagem inovadora à criação poética. Demonstrando e divulgando que todos os assuntos e temas podem ser analisados pela visão poética.

segunda-feira, outubro 03, 2016

Aborrecimento



Está mais que visto
a sociedade passou das marcas
começou a usar matracas
evidenciando o maior risco.

São agulhas que ferem
que combatem
beliscando o serem
para garantir o conseguirem.

E  a cidadania aconoda-se
recebem mais farpas
o governo enche-nos de ideias baratas
e assim já ninguém revolta.se.

Todos estão bem
a saúde está óptima
a inteligência em forma
porque os seres o sentem.

Puro engano
o cidadão está farto
perdeu o seu quarto
vivendo do seu reles ordenado.

E quando não chega
vai â luta
não receando a labuta
que o não larga.

Dissabores e dissabores
neste mundo cruel
onde num simples papel
escrevi estes rumores.

Assim o aborrecimento
tem de ser consciente
enfadonho e resistente
engrandecendo o adormecimento.

Terminando esta singela quadra
em parte como fiel espada
dispersando a mais gloriosa
e artística mestria da fala.