Pensador

A criação deste blogue é determinada pela tentativa de dar uma roupagem inovadora à criação poética. Demonstrando e divulgando que todos os assuntos e temas podem ser analisados pela visão poética.

sexta-feira, abril 20, 2007

Saudade



Palavra
Afirmação
Reacção
Alternativa
Ilusão
Trave
Alteração
Comunicação
Gesto
Manifesto
Carinho
Recadinho

Algo que desperta e conquista
é sentimento que é transmitido por alguém
memória querida que nos enche o ego e satisfaz bem
enquanto meta que é certa e belisca.

Funciona como um pilar constante
ignorando um estado de ausência ou de presença
faz-nos meditar, reflectir na esperança
que um célebre dia a nossa Vida será brilhante.

Também é um agradável gesto
manifestando amizade, ternura e carinho
deixando o amor, a felicidade pelo beicinho
baluarte que se deseja apregoar como manifesto.

Podemos pronunciar palavras
constituem um autêntico ardor
contribuindo para a mensagem do verdadeiro calor
sendo porta estandartes e guias contra armas.

A Primavera da Vida é algo de belo
o Amanhecer será o seu esplendoroso Sol radioso
o Entardecer dá-lhe aquele brilho caprichoso
já que o Anoitecer adoça a Natureza como caramelo.

Amar ganha um novo colorido
proporcionando real incentivo
capaz de entusiasmar o coração mais contido
a fim de que a paixão não esgote o seu caminho.

O Ser Humano é um profundo saudosista
cria o Fado como canção de encantar e soluçar
o Público reage, vibra e continuará a chorar
porque a musicalidade convence-o a ser mais perfeccionista.

Ao longe clama o Jovem pela bonita infância
na sua mente o acto humano poderia ser diferente
mas o menino cresceu e tornou-se adolescente
cabe-lhe agora colocar em prática o voto de confiança.

2 Comments:

  • At quinta-feira, 26 abril, 2007, Blogger Poesia Portuguesa said…

    Saudade... uma palavra bem Portuguesa.

     
  • At sexta-feira, 04 maio, 2007, Blogger António Silva said…

    Será que este agradável e fresco Poema mexeu contigo, talvez fosse essa ideia.
    Se consegui ainda bem fico duplamente feliz por retirar-te da vida alheia, é este objectivo que trago em mente ... pois sei que sem ti a Poesia sente.
    Ânimo, coragem, força e óptima energia tu mesma sempre apregoaste que a Poesia é a nossa teimosia.
    Recebe um abraço carinhosamente e até breve.
    Bom fim de semana e bela festa da Mãe.

     

Enviar um comentário

<< Home