Pensador

A criação deste blogue é determinada pela tentativa de dar uma roupagem inovadora à criação poética. Demonstrando e divulgando que todos os assuntos e temas podem ser analisados pela visão poética.

sexta-feira, abril 15, 2011

Patinhos no Rio da Cidade

Quando me levanto
é com muito agrado
e entusiasmo
que ouço o seu alegre canto.

O macho é verde
cor de alface
portador de esperança
transmissor de bondade
comunicador de grandiosidade
dialogante de benquerença.

A fêmea é castanha
mais ágil na água
reveladora de agilidade
reveladora de virtude
reveladora de quietude
reveladora de autenticidade.

Ambos alegram
ambos encantam
ambos alertam
ambos experienciam.

O regadio ganhou
o público mehorou
a gente triunfou
o rio ganhou. 

1 Comments:

  • At domingo, 17 abril, 2011, Blogger R . B said…

    Os patos , o publico,o rio... Muito bem retratado este pequeno fragmento da nossa cidade !
    Um bom Domingo !

     

Enviar um comentário

<< Home